Israel agradece o apoio do povo brasileiro no ato democrático pró-Bolsonaro

Chanceler publicou foto das bandeiras brasileira e israelense presentes na manifestação de domingo na Avenida Paulista

O ministro israelense de Relações Exteriores, Israel Katz, fez hoje um agradecimento ao povo brasileiro pela demonstração de apoio ao Estado de Israel, exibida durante a manifestação desse domingo (25), na Avenida Paulista, que reuniu uma multidão para defender o ex-presidente da República, Jair Bolsonaro (PL). Katz ainda reforçou a provocação ao presidente Lula (PT), voltando a afirmar que o governante brasileiro não conseguirá separar brasileiros de israelenses, nas publicações em português e em hebraico, no perfil da rede social X do chanceler de Israel.

As postagens mantêm a crise diplomática criada pelo presidente petista com o governo de Benjamin Netanyahu, pela comparação que Lula fez, no último dia 18, entre a guerra de Israel contra terroristas do Hamas na Faixa de Gaza e o Holocausto nazista de Adolf Hitler, na 2ª Guerra Mundial.

Lula já foi alvo de reprimenda pública de Israel, foi declarado persona non grata em território israelense e foi cobrado a se retratar em diferentes ocasiões por Netanyahu e Katz. O chanceler chegou a elevar o tom, acusando a Lula de fazer uma comparação “promíscua, delirante e um cuspe no rosto de judeus brasileiros”; com direito a uma aula de História, em português, sobre o que o regime nazista de Hitler fez, ao matar seis milhões de judeus, na 2ª Guerra Mundial, na Europa.

Diário do Poder

 

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *