Conselheiro da Vale renuncia e denuncia em carta interferência política na companhia

José Luciano Penido já não crê em honestidade de propósitos de “acionistas relevantes”

O conselheiro independente da Vale José Luciano Duarte Penido renunciou à cadeira no colegiado da mineradora na segunda-feira (11). Escreveu na carta de renúncia que o “processo sucessório do CEO da Vale vem sendo conduzido de forma manipulada, não atende ao melhor interesse da empresa, e sofre evidente e nefasta influência política”

“Não acredito mais na honestidade de propósitos de acionistas relevantes da empresa no objetivo de elevar a governança corporativa da Vale a padrão internacional de Corporation. Neste contexto, minha atuação como Conselheiro Independente se torna totalmente ineficaz, desagradável e frustrante”, diz Penido.

Diário do Poder

 

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *