Violência covarde de PMs armados contra cidadãos em Rosário revolta o governador Flavio Dino

Qualquer cidadão que assistiu, um vídeo que está viralizando nas redes sociais, de agressão covarde praticada por policiais militares truculentos e com armas de grosso calibre, no município de Rosário, não tem como não se indignar. A Polícia Militar que tem a responsabilidade de garantir e ordem, não pode se constituir em referências cada vez mais e com maior intensidade, em práticas criminosas contra cidadãos a quem deveriam proteger.

Felizmente, é uma pequena parte da instituição com desvios de comportamentos e caráter e que precisam ser banidas o quanto antes, lembrando o adágio popular: Uma laranja podre em um milheiro da fruta, ela destrói todas.

A agressão ocorreu quando uma viatura militar foi a um local atendendo denúncias de som desproporcional ao horário permitido. Três militares com armas de grosso calibre foram ao local e inesperadamente eles começaram a agredir covardemente as pessoas que estavam no bar e que não estavam envolvidos em qualquer problema. Os militares deram tapas em clientes, chutaram mesas e um rapaz que estava filmando toda truculência, foi baleado covardemente.

As vítimas teriam denunciado o fato ao Batalhão da PM em Rosário, mas não levaram a sério, o que tem sido uma realidade em fatos vergonhosos contra PMs violentos, o que precisa ser apurado. O corporativismo protetor estimula violência e coloca em risco mais vidas de cidadãos, são fatos lamentáveis. Neste caso, pelo menos tudo deve ser apurado com a devida responsabilização de todos os envolvidos.

O vídeo que mostra a covardia truculenta dos policiais militares foi feito pelas câmeras de um prédio das proximidades do local e encaminhado ao advogado Diogo Cabral, da Sociedade Maranhense de Direitos Humanos, que o colocou nas redes sociais, gerando uma grande indignação pelas armas de grosso calibre, as agressões em todos os níveis. Pelo visto ninguém no local reclamou nada, pois com certeza teria sido morto.

O governador Flavio Dino ao verificar tamanha violência covarde contra cidadãos, que em momento algum cometeram qualquer violação, tomou a iniciativa de mandar afastar todos os militares envolvidos. A decisão do governador foi altamente acertada e mereceu o reconhecimento público, mas necessário se torna a prisão disciplinar de todos os militares envolvidos e a instauração de procedimentos para que sejam expulsos da corporação, são as laranjas podres que precisam ser extirpadas.

A Defensoria Pública precisa dar importante apoio as vítimas e o Ministério Público fiscalizar os procedimentos que serão adotados pela Policia Militar. Por outro lado, o Comando Geral da Polícia Militar tem o dever de pedir desculpas a sociedade e a todas as vítimas. A Polícia Militar do Maranhão é uma instituição maior do que todos nós e como tal deve ser respeitada e não pode jamais conviver com elementos que tentam denegrir a sua imagem pública.

 

 

Afonso Jose Dias Alves

Ainda bem que o Governador tomou essa atitude acertada.inclusivel trocar o COMANDO de Rosário,TENDO em vista SEU CORPORATIVISMO. GOVERNADOR FAÇA VALER sua autoridade.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *