Tentativa de golpe à vista? Será?

O apoio de 108 deputados federais em relação ao impeachment do Bolsonaro faz parte de um golpe que já vem sendo engendrado há tempos.

A alegação é a de que Bolsonaro não cuida da saúde dos brasileiros.

O golpe é tão explícito, que começou com a proibição de que o governo pudesse tomar as rédeas da situação, tirando dele o poder de decisão em relação a inúmeras questões e repassando aos estados e municípios. A Bolsonaro praticamente só coube liberar a verba, e ele o fez.

Então, no que se justifica esse pedido de impeachment?

Por Bolsonaro ter liberado um auxílio emergencial que evitou um colapso no país?

Por Bolsonaro ter acabado obras de infraestrutura que estavam paradas há séculos?

Por Bolsonaro não ter roubado e nem deixado roubar?

Por não se aliar a grandes empreiteiras e nem ter financiado obras superfaturadas em países socialistas?

Ou será que Bolsonaro cometeu o grande erro de fazer o PIB sair do negativo que foi deixado pela esquerda?

Ah… Já sei! O grande erro foi cortar as verbas de propagandas das grandes emissoras, e com isso o dinheiro foi para a infraestrutura, escolas, hospitais e etc.

Talvez possamos falar do erro que foi tornar estatais antes saqueadas por corruptos e por isso deficitárias, em empresas realmente produtivas e lucrativas…

Não… O erro de Bolsonaro foi não ter loteado Ministérios entre partidos corruptos, e não ter distribuído autarquias entre os mamadores que dilapidaram o patrimônio público no passado.

Não interessa um Presidente assim a esses deputados e muito menos a alguns ministros do STF, que são parte ativa nesse plano de retomada do Brasil pela esbórnia.

Mas… 108 deputados ainda é menos de 1/5 da Câmara.

Eu quero ver a coragem deles e desses Ministros do STF quando o barril de pólvora explodir…

Será que conseguem segurar a força de um povo?

Marcelo Rates Quaranta

Articulista

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *