Só os pobres não têm lobby, na guerra contra PEC

 

A guerra contra a PEC dos Precatórios uniu o poderoso lobby dos banqueiros, donos de 70% dos precatórios de R$90 bilhões a serem parcelados, e o consórcio de mídia de oposição e políticos idem, inclusive de “esquerda”, que tentam impedir Bolsonaro de receber os dividendos eleitorais dos R$400 do Auxílio Brasil. Tem lobbies milionários para todos os gostos. Só não têm lobby aquelas 20 milhões de famílias paupérrimas, que não têm como comer, destinatárias dos R$400.

A aliança histórica com banqueiros levou políticos de esquerda atacarem o “calote dos precatórios” e defenderem teses neoliberais na economia, em que mostram a cara, apenas o PSB e Psol, deliberadamente contra o Auxílio Brasil de R$ 400,00.

Um chuta, outro espanca

Como os políticos fazem de certo comedimento, até para não escorregar na quebra de decoro, os insultos agora são tarefa do consórcio de mídia. Políticos contra a PEC por razões primárias fazem lembrar o Deputado Justo Veríssimo, personagem de Chico Anysio que tinha ‘horror a pobre’.

Diário do Poder

 

 

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *