Retrato no centro histórico e da rua da Misericórdia com pedido de piedade ao poder público

Na administração municipal passada a rua da Misericórdia, no centro histórico de São Luís passou por umas três reformas, todas praticadas de maneira irresponsável, que não precisava de muitas chuvas para ser descoberto que o dinheiro público foi utilizado apenas para favorecimentos de empreiteiras dos esquemas políticos.

Os buracos já são visíveis e não haverá necessidade de muitas chuvas para a artéria vir a ser interditada, sem falarmos no lixo e resíduos sólidos que acabam reduzindo o espaço de trânsito de veículos. Do lado esquerdo de quem desce a rua da Misericórdia com o cruzamento com a Antonio Raiol, fica o prédio do antigo Sioge, hoje pertencente a Universidade Federal do Maranhão, que há anos não consegue concluir a reforma, e que se tornou atração para muitos viciados em drogas. É comum inúmeros deles acendendo fogo e fazendo refeições com sérios riscos de incêndios, além de que as calçadas da rua servem também de dormitórios.

Trata-se de uma população de rua, que precisa da piedade e misericórdia das autoridades, mesmo sendo viciados em drogas ilícitas, são seres humanos, mas infelizmente não são vistos como tal. Quem tiver oportunidade de ver o quadro com a destruição das pessoas, não terá como não se sensibilizar, principalmente que a maioria são de jovens entre mulheres e homens. Piedade!

Fonte: AFD

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *