Mulheres negras são maior parte das vítimas de homicídios e feminicídios no Brasil em 2020

Entre as mulheres assassinadas no primeiro semestre de 2020, 75% são negras. Os dados foram recolhidos pelo Monitor da Violência, do portal G1. No entanto, mais de um terço dos estados brasileiros não divulga a raça das mulheres que são vítimas da violência. O G1 ainda afirma que, mesmo os dados que são divulgados têm falhas.

O Monitor da Violência, feito em parceria com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, mostra que entre os 889 homicídios com raça confirmada, 650 foram cometidos contra mulheres negras.

Em relação aos feminicídios, mulheres negras representam 60% das vítimas. Ao considerar mulheres vítimas de violência doméstica ou estupro, o percentual cai para 51%. Em relação a casos de estupro, elas são 52%.

Os dados são referentes aos 26 estados do país, além do Distrito Federal. No entanto, 10 unidades da federação não divulgam os números de forma completa.

Fonte: G1

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *