Lula tenta justificar a fracassada viagem pelo Nordeste e o receio de ir às ruas

Depois de ser ressuscitado pelo STF, Lula que “tropeça nas próprias pernas” em sua desastrada viagem pelo Nordeste do país, em busca de apoio para uma eventual candidatura à presidência em 2022, agora também se atrapalha com as palavras ao tentar explicar a falta de “gente” por onde passa e o receio que teve em fazer caminhadas pelas ruas das cidades onde esteve.

É em aeroporto, em palanque, em entrevista coletiva… não importa o ato ou a agenda, o que se vê são ruas e cadeiras vazias, que só saem da rotina quando um cidadão ou outro resolve enfrentar o ex-presidente para cobrar explicação por suas “falcatruas, desvios e desmandos” no período em que conseguiu manter seu partido no comando do país. Lula resolveu tentar explicar por que o povo já não dá a mínima para ele, e “emenda ficou pior do que o soneto”.

Jornal da Cidade Online

DEUZIMAR PEREIRA DE SÁ

O dono dessa matéria é bolsonarista doente! Tenta fazer com que o povo acredite nessa falsa impressão da verdade. Lula não ressuscitou! Lula nunca esteve morto! Lula é muito mais forte que todos os outros candidatos juntos, sobretudo sobre o atual presidente!

Aldir Dantas

Primeiramente, a minha convicção política cabe à minha pessoa e não a quem tenta julgar, totalmente contrária. Quem disse que o STF ressuscitou Lula foi o ministro aposentado do STF, Marco Aurélio de Melo, e o fez publicamente. Se o Lula está tão forte, infelizmente não está conseguindo mostrar pelo menos na sua passagem pelo Nordeste. Quanto as pesquisas, também é público um acordo que teria feito, que se vencer as eleições voltar a gastar bilhões do dinheiro com veículos de comunicação, que o defendem fervorosamente e os que manipulam pesquisas.

Carlos Alberto barreto de miranda

Realmente o povo cansou de ver tanta roubalheira de Lula e filhos. Acredito que ele não tem mais como mudar essa rota percorrida. Quebrou Petrobras, fez concessões de recursos que eram para fomentar empregos no Brasil, pois o BNDES foi concebido para este desiderato, emprestando dinheiro para outros países, resultado: faltou emprego para o próprio brasileiro e a questão aumentou com a Dilma. Um fracasso do partido que deveria ter melhorado a vida do trabalhador. Eu até votei nele! Nunca mais o farei de novo.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *