DEM inicia hoje o processo de expulsão do deputado Rodrigo Maia

O DEM marcou para hoje (31) reunião da executiva nacional que deve decidir sobre a expulsão de Rodrigo Maia do partido.

O próprio Maia havia demonstrado interesse em sair do partido ao enviar pedido de desfiliação ao TSE, sabendo que a sua expulsão é inevitável. Ele pretendia que fosse acatada uma “justa causa” para que não perdesse o mandato de deputado federal. Ele sempre com a suas articulações que visam unicamente beneficiá-lo tem recorrido a governadores que foram beneficiados com os desmandos praticados na Câmara Federal, pedindo a que façam gestão junto a deputados do DEM dos seus estados para evitar a sua expulsão, também fazendo sondagens para poder se filiar a outro partido.

O DEM deve se antecipar e expulsá-lo.

Tais fatos só demonstram o quanto “Botafogo” é incompetente. Semeou tanto vento que não terá capacidade para absorver as tempestades, principalmente sobre os enormes dessserviços praticados contra o povo brasileiro.

Bastou ficar sem o cargo de presidente da Câmara, que caiu de ‘mãos beijadas’ em suas mãos, para que iniciasse o processo de irreversível declínio. Nem o próprio partido o quer mais e terá muitas dificuldades para conseguir outro, diante do grande mau caráter que é, e que influenciará negativamente nas urnas.

Nunca teve liderança. Sem cargo, não passa de uma figura desprezível e isolada.

Segundo divulgado, Maia espera ser notificado pelo DEM para ser ouvido no processo de expulsão. Possivelmente, não será notificado. Ninguém o respeita. Será simplesmente enxotado.

E a coisa poderá ficar pior a partir do próximo ano, se vier a perder a disputa da reeleição. Sem foro privilegiado, deve fatalmente virar alvo da PF.

Fonte: O Globo

 

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *