Bolsonaro ironiza Flávio Dino, governador “demagogo” do Maranhão

Na semana passada, o governador do Maranhão, Flávio Dino, enviou uma carta ao Presidente Jair Bolsonaro cobrando que ele assumisse o papel de líder em um pacto pela retomada dos empregos no Brasil.

Nesta terça-feira, dia 28, em encontro com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro deu uma resposta certeira:

“Quer que eu faça um pacto pelo emprego, mas continua com o Estado dele fechado.”

A resposta certamente foi para Flávio Dino, o governador que mantém seu estado em permanente lockdown, com quase tudo fechado, mas que exige  sem nenhum discernimento ao presidente um pacto por empregos.

A demagogia do governador do PC do B é típica da esquerda, que quer que os outros façam o que eles não fazem e muitas vezes nem sabem fazer.

“Façam o que eu digo, e não o que eu faço…”

O povo brasileiro acordou e não cai mais neste tipo de discurso vazio.

Comandante Winston Rodrigues Lima

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *